Smoothie de abacate e kiwi, um café da manhã detox para começar bem a semana

Nada melhor do que iniciar o dia com um café da manhã saudável. Segue aqui a minha receita preferida do smoothie de kiwi com abacate. Depois de fazer vários testes cheguei à conclusão de que esta é a melhor forma de agregar todos os benefícios do abacate com os do kiwi.

Raramente pensamos nos abacates como um alimento de detox, mas eles são ótimas fontes de nutrientes e ainda diminuem o colesterol. Nutricionistas relatam que o abacate ajuda a dilatar os vasos sanguíneos enquanto bloqueiam a toxicidade que destrói as artérias – interessante isso, não é? O abacate é uma ótima fonte de ômega 6, ômega 9 e ômega 7. Esses nutrientes mantém o equilíbrio no organismo, auxiliando a perda de gordura corporal, ou seja, além de delicioso ainda ajuda na sua dieta.

Smoothie de abacate e kiwi

O kiwi, que aqui no Canadá vem direto da China, é uma fonte de fibras e rica em vitamina K e vitamina C. Além de possuir pectina, uma fibra importante para controlar os níveis de colesterol no sangue.

ICON_01

Ingredientes:
» 4 kiwis sem casca e picados
» 1 abacate
» 1 ½ xícara de leite de amêndoa ou de coco
» ¼ xícara de folhas de hortelã
» 1 colher de suco de limão

ICON_02

Modo de preparo:
Coloque primeiro os ingredientes líquidos no liquidificador, depois junte a frutas. Misture todos os ingredientes até obter a suave e cremosa textura do smoothie.

Sirva imediatamente!

Bjo, Li.

Salmão no forno ao molho de maracujá, acompanhado de salada rústica

O salmão, também conhecido como o peixe Canadense, é uma poderosa fonte de agentes antioxidantes e anti-inflamatórios que atuam ativamente no fortalecimento do sistema imunológico. Ele já faz parte da história do país e é facilmente encontrado na culinária, assim como a peça central de um sofisticado churrasco de verão.

O peixe, que no passado já chegou a ser pescado no Lake Ontário, hoje reúne uma série de instituições, entre elas a Lake Ontario Atlantic Salmon Restoration Program (LOASRP) que lutam para trazer o salmão do Atlântico de volta ao lago. Esta espécie é uma parte importante do patrimônio natural e da rica biodiversidade de Ontário. Atualmente o salmão do Atlântico pode ser encontrado no litoral do Quebec, Nova Scotia, New Brunswick e Prince Edward Island, enquanto o salmão do Pacífico é encontrado na costa oeste do país.

Especialistas defendem que a ingestão de pelo menos duas porções por semana pode reduzir o risco de doenças crônicas, como doenças cardíacas, diabetes e declínio cognitivo. Uma porção de apenas 30 gramas tem 26 gramas de proteína, o que pode ajudá-la a diminuir a vontade de comer, além de ficar satisfeita com menos gordura saturada que a encontrada na carne vermelha. Graças à proteína magra e à gordura poli-insaturada, comer salmão como parte de uma refeição rica em nutrientes pode ajudar você a ficar satisfeita por mais tempo.

ICON_01

Ingredientes para o salmão:

» 400g de filé de salmão;
» Sal e pimenta-do-reino;
» Temperos que uso: páprica defumada, alecrim seco;
» 1 colher (sopa) de manteiga derretida.

Ingredientes para o molho:

» 2 maracujás ou ½ xícara de suco de maracujá concentrado;
» 1 colher (chá) de açúcar yellow ou adoçante stevia;
» 1 pitada de sal;
» 1 colher (chá) amido de milho;
» 1 colher (chá) mostarda;
» 100ml de água.

ICON_02

Modo de preparo:

Tempere o salmão com sal, pimenta do reino e páprica, salpicando um pouco de alecrim por cima. Coloque no forno pré-aquecido à 180 graus para assar por cerca de 30 minutos. Nos últimos 10 minutos, altere o forno para modo grelhar para que se forme uma crosta saborosa na parte de cima do salmão.

Enquanto o salão está no forno, separe os ingredientes para preparar o molho. Coloque a polpa dos maracujás, incluindo as sementes, com a água em uma panela, adicione o amido de milho mexendo devagar até se tornar uniforme. Adicione o açúcar, a mostarda e uma pitada de sal e mexa até engrossar em fogo médio. Assim que ela sair da consistência líquida, se tornando uma calda, retire do fogo. Cuidado para não queimar a calda, isso pode deixá-la com um gosto amargo.

Sirva acompanhado de uma salada rústica.

Bjo, Li.

Um muffin de baunilha com iogurte, passas e cranberries para você fazer junto com os seus filhos

Segue aqui o muffin de frutas secas e baunilha que fiz na semana passada para o Halloween. Os meninos ajudaram a fazer e o Kevin ainda fez questão de adicionar um chocolate no recheio que não tinha na receita original.

O Halloween é uma das melhores épocas do ano para ser criativo, e além de criar comidinhas, aqui em casa eu tenho que pensar nas fantasias, na maquiagem, e principalmente como eu vou fazer desaparecer todos aqueles chocolates e doces que os meninos recebem na noite da festa. A melhor solução que achei foi uma que vi na internet, e que este ano funcionou muito bem por aqui, que foi a da Fada dos Doces do Halloween. A idéia é que ela aparece na noite seguinte ao Dia das Bruxas e troca a maioria dos doces por um brinquedo.

ICON_02

Ingredientes:

» 190g de farinha de trigo;
» 60g de farinha de aveia;
» 40g de farinha de amêndoas;
» 1 colher (chá) de bicarbonato de sódio;
» 2 colheres (chá) de fermento em pó;
» ½ colher (chá) de sal;
» 4 ovos;
» 230g de iogurte sem sabor;
» 300g de açúcar;
» 4 colheres (sopa) de manteiga (use o micro-ondas para derreter);
» 1 colher (chá) de essência de baunilha;
» ½ xícara de damasco picado;
» ¼ xícara de passas;
» ¼ xícara de cranberries.

ICON_01

Modo de preparo:

Peneire os ingredientes secos em um bowl e reserve. Bata os ingredientes molhados no liquidificador e depois vá adicionando os ingredientes secos aos poucos misturando com uma colher de pau ou de silicone.

Muffin02

Depois adicione o fermento e por último as frutas secas, mexendo suavemente. Coloque em uma forma untada e ponha para assar por 30 minutos em um forno pré-aquecido à 180 graus.

Bjo, Li.

Uma sopa nutritiva para reduzir o desperdício e aproveitar todas as sobras da geladeira

Nada de jogar o resto dos legumes que estão na geladeira no lixo. Aqui vai uma receita super fácil para você não desperdiçar nadinha! Pelo menos uma vez a cada duas semanas eu faço uma limpeza na geladeira e na despensa para analisar quais os legumes estão na sua fase final de vida e para não desperdiçar nada, sempre reutilizo preparando uma receita. Hoje eu compartilho com vocês uma das minhas preferidas, a sopa feita com legumes que além de fácil de fazer é uma excelente opção para as noites frias no Canadá. Além de ser uma ótima estratégia para fazer meus filhos comerem verdura.

Para os Brasileiros no Canadá

Se você, assim como eu, mora no Canadá vai achar estas informações surpreendentes. Segundo o National Zero Waste Council Canada, 63% da comida que os canadenses jogam fora poderia ter sido consumida. Para a família média canadense – a qual estamos inseridos, isso equivale a 140 kg de desperdício de comida por ano, a um custo de mais de $1.100 que sai diretamente do seu bolso. Esse é um número alarmante, considerando o impacto ambiental do desperdício de alimentos em aterros.

What-Is-Wasted-EN

Todos os tipos de alimentos são desperdiçados, mas no Canadá os alimentos com maior desperdício são:

» Legumes: 30%
» Fruta: 15%
» Sobras: 13%
» Pão e padaria: 9%
» Laticínios e ovos: 7%

O desperdício de alimentos não apenas desperdiça comida. Quando você adiciona o custo de outros recursos, como combustível, água, mão-de-obra e plantio, é um desperdício de mais de $100 bilhões por ano. Evite desperdiçar comida analisando o que precisa ser consumido antes de ir ao supermercado – planejamento é o segredo para você fazer uma ótima feira de supermercado. Pense em uma receitinha para fazer com os itens que você já tem em casa antes de preparar a lista de compras. Verifique na despensa o que você já tem e adicione apenas o que falta para preparar as comidas da semana. Parece trabalhoso, mas com o tempo você cria o hábito e sente no bolso o benefício de se fazer uma lista de compras inteligente.

A verdade é que os canadenses estão jogando fora mais comida do que imaginam – comida que poderia, a certa altura, ter sido comida. – Love Food Hate Waste Canada

ICON_01

Ingredientes:

» 400g de carne cortada em cubinhos pequenos (pode ser alcatra, fraldinha ou acém);
» 1 ½ xicara de legumes. Para esta receita usei o que eu tinha na geladeira na hora, como cenoura, brócolis, batata e couve-flor;
» 1 xícara de macarrão Catelli Rings Pasta;
» 4 ovos;
» 900ml de caldo de carne líquido Campbell’s;
» 900ml de água;
» Páprica, sal e pimenta do reino ao gosto;
» Azeite a gosto.

ICON_02

Modo de preparo:

Coloque um fio de azeite na panela e deixe esquentar. Adicione os pedaços da carne junto com os temperos (desta vez usei páprica, sal e pimenta) e deixe selar. Depois que a carne estiver selada, retire e reserve. Utilize a mesma panela que você assou a carne para adicionar o caldo de carne líquido e a água. Deixe ferver.

Quando der fervura, acrescente o macarrão e vá adicionando os legumes do mais duro para o mais mole, no meu caso primeiro foi a cenoura, depois a batata, os brócolis e por último a couve-flor. Espere até que os legumes estejam cozidos e adicione a carne.

Sirva quentinha junto com um pãozinho. Essa receita rende de 4 a 6 porções.

Bjo, Li.

Você encontra mais informações sobre desperdício no Canadá nestes sites:
compass-canada.com
lovefoodhatewaste.ca
nzwc.ca