Strogonoff_LowCarb

Uma receita de strogonoff de frango low carb que não leva cebola

Que tal preparar um strogonoff de frango low carb que não leva cebola? Você sabia que o strogonoff, apesar de ser uma receita muito famosa entre os brasileiros, nasceu na Rússia dos czares com uma receita bastante parecida com a que conhecemos hoje – à base de pedaços de carne, creme de leite, cebola e sal, e no início era coisa de rico?⁠

Pois é, segundo vários historiadores da gastronomia, o nome vem da família russa Stroganov, cuja origem é anterior ao ano 1500. Ainda assim, a respeitada enciclopédia de culinária Larousse Gastronomique cogita que o nome pode ser derivado do verbo “strogat”, que, em russo, significa algo como “cortar em pedaços”.⁠

Depois os imigrantes russos levaram a receita para os Estados Unidos e, quando o beef stroganoff virou estrela do Russian Tea Room, em Nova York, em 1930, ele já era feito com filé-mignon e acrescido de novidades, como molho de tomates e cogumelos em lascas. No lugar da batata cozida à moda russa, a batata passou a ser cortada em palitos finos e frita – a nossa velha conhecida batata palha.

Aproveite este fim de semana para preparar um strogonoff para a sua família e não deixe de compartilhar a história deste famoso prato. ⁠

Ingredientes

» 500g de peito de frango cortado em cubos da sua preferência;
» 1 lata de creme de leite fresco;
» 1 colher (sopa) de cúrcuma;
» 2 colheres (sopa) de azeite;
» 1 colher (chá) de gengibre em pó
» 10 nozes picadas;
» Sal à gosto;
» Pimenta do reino à gosto.

Modo de preparo

Em uma panela coloque um fio de azeite e quando esquentar adicione o peito de frango já cortado. Quando estiver dourado, reduza o fogo e inclua a cúrcuma, pimenta, sal. Misture bem para que todo o tempero seja incorporado ao frango. Nesse momento é chegada a hora de adicionar o creme de leite. Deixe apurar um pouco e está prontinho.

Decorre com as nozes picadas por cima. Sirva ainda quente.

Para mim, o estrogonofe perfeito é o tradicional, preaprado com arroz e batata palha mais como eu não tinha a batata palha em casa neste dia, optei por uma opção mais saudável, uma saladinha verde para acompanhar, ficou incrível!

🍁
Bjo, Li.

Leia também:
Sopa detox com frango e abóbora

 

Não deixe de nos seguir no Instagram

Todas as semanas, dicas e receitas para você se adaptar ao estilo de comida do Canadá sem perder o tempero brasileiro.

[instagram-feed]

Deixe uma resposta