Fácil e saudável. Conheça a torta low-carb de frango feita no liquidificador

Essa torta salgada é para você fazer com aquela sobra de frango que você tem na geladeira. Sempre que tenho um restinho do frango que comemos no almoço, eu preparo esta receita para aproveitar toda a sobra. Mas, se você não tem o frango sobrando, pode preparar um exclusivamente para esta torta que é uma delícia.

ICON_01

Ingredientes

» 3 ovos;
» 1 xícara de farinha de amêndoas;
» 2 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado;
» 1 xicara de água;
» 1/3 de xicara de azeite de oliva;
» Sal a gosto;
» Pimenta a gosto;
» Orégano a gosto;
» 1 colher (sopa) de fermento em pó.

Recheio

» 300g de frango cozido e desfiado;
» 200g de requeijão;
» 1 tomate picado;
» Azeitona a gosto;
» Cebola picada a gosto;
» Salsinha, cebolinha, curcuma, páprica defumada, e sal a gosto;
» Caldo de galinha;
» Pimenta a gosto;

» Fatias de muçarela (para cobrir a torta e gratinar);
» Queijo parmesão ralado a gosto (para cobrir).

ICON_02

Modo de preparo

Se você já tem o frango desfiado, basta misturar todos os ingredientes em uma panela em fogo baixo e reservar até que a massa fique pronta. Se não sobrou nada no almoço, não tem problema. Em uma panela espaçosa aqueça o azeite e acrescente a cebola e deixe dourar. Coloque o frango, mexa e acrescente um pouco de água até cobrir o frango, adicione páprica ou curcuma e o sal e pimenta do reino a gosto se desejar. Deixe cozinhar por mais ou menos 10 minutos (na panela de pressão) ou 20 minutos (na panela comum).

A dica para desfiar o frango quando você faz na panela de pressão é, após o cozimento e depois de tirar toda a pressão, retirar a água do cozimento e balançar a panela com força por alguns minutos. A magia acontece e o frango já sai da panela desfiado!

Dica: Se você quiser deixar esse franguinho ainda mais saboroso, retire ele da panela de pressão e reserve. Refogue meia cebola cortada em cubinhos bem pequenos, doure com azeite ou óleo de coco e adicione o frango com um pouco de páprica ou curcuma, pimenta e sal. Coloque a salsinha para dar um verdinho incrível e você vai ter um franguinho com cara de recheio de coxinha!

BLOG_TORTA_FRANGO

Para a massa, bata todos os ingredientes no liquidificador, exceto o fermento. Depois que a massa estiver bem incorporada acrescente o fermento e misture com uma colher. Unte uma forma antiaderente e despeje a massa metade da massa, coloque o recheio e cubra o recheio com o restante da massa. Por cima dessa massa linda, coloque queijo parmesão misturado com mussarela e orégano. Leve ao forno por meia hora em forno médio, faço o teste do palito e se o palito sair limpinho está pronto, sirva quente.

🍁
Bjo, Li

Confira esta e outras dicas no nosso perfil no Instagram. Todas as semanas, dicas e receitas novas para você se adaptar ao estilo de comida do Canadá sem perder o tempero brasileiro.

Camarão preparado com cúrcuma e óleo de coco. Saboroso e fácil de fazer

Uma coisa engraçada é que estou preparando mais camarão em Toronto do que na época em que morava em Recife. A oferta de camarões nos supermercados daqui é impressionante! Tem de todo tipo, tamanho e preço.

Ele é um dos frutos do mar preferidos da família! O camarão é rico em vitaminas e minerais e contêm, entre outras coisas, proteína de alto valor biológico, ou as chamadas proteínas completas, aquelas com todos os aminoácidos de que o corpo precisa. Essa iguaria é composta, em média, por 40% de ácidos graxos poli-insaturados e 20% de monoinsaturados. Mais atenção! Consuma sem exageros, uma vez que ele tem mais de 30% de gordura saturada e colesterol. Ele também é rico em sódio e apresenta purina, um composto transformado em ácido úrico no organismo.

ICON_01

Ingredientes

» 300g de camarão sem casca;
» 15 tomates tipo cereja cortados ao meio;
» 4 colheres (sopa) de óleo de coco sem sabor;
» 1 colher (chá) de cúrcuma;
» Sal a gosto;
» Pimenta do reino a gosto;
» Salsinha a gosto.

ICON_02

Modo de preparo

Em um bowl coloque os camarões para marinar junto com todos os temperos, como o sal, a pimenta do reino, a cúrcuma e um pouco de óleo de coco por uns 15 min no mínimo.

Em uma frigideira, adicione o restante do óleo de coco e adicione os camarões já marinados para dourar. Cerca de 3 minutos depois, quando você perceber que os camarões mudarem de cor, coloque os tomates cereja cortados ao meio e mexa bem para que possa incorporá-los aos temperos e ao sabor do camarão. Por fim coloque a salsinha bem cortadinha que vai dar uma cor linda no seu camarão.

Sirva quente!

Dica: Você pode colocar lâminas de queijo canastra, parmesão ou qualquer outro queijo durinho, isso vai dar um toque especial ao seu camarão. Você pode servi-lo com uma massa como eu fiz, mas pode ser também uma opção para um jantar romântico acompanhado de vegetais grelhados no forno e um arroz com castanhas. São muitas opções, use a sua criatividade e depois me fale aqui como ficou a sua versão.

🍁
Bjo, Li.

 

Confira esta e outras dicas no nosso perfil no Instagram. Todas as semanas, dicas e receitas novas para você se adaptar ao estilo de comida do Canadá sem perder o tempero brasileiro.

Leia também:
Camarão ao molho Gruyère, um prato romântico para comer a dois
Uma opção mais leve do risoto de camarão com abobrinha

 

Torta salgada Bauru, uma refeição simples e fácil de fazer

Eu amo o sanduiche Bauru, comia sempre no Brasil e quando recebi essa receita da minha sogra essa semana fui correndo preparar. Ela serve como uma refeição e é bem simples e fácil de fazer, com certeza você tem todos os ingredientes em casa. Os recheios já estão praticamente prontos e a massa é muito simples. Ideal para aqueles dias em que você está em casa e não tem tempo de preparar uma comida gourmet. Eu particularmente, achei uma delícia!

BLOG_TORTA-BAURU1

Para a refeição ficar completa, sirva uma salada verde como acompanhamento.

ICON_01

Ingredientes para a massa

» 1 ovo;
» 1/4 xicara de azeite (ou óleo de coco);
» 150 ml de leite integral;
» 1 xicara de farinha de trigo (ou farinha de amêndoas);
» 2 ou 3 colheres (sopa) de queijo ralado;
» 1 colher (sopa) de fermento em pó.

Ingredientes para o recheio

» 150g de presunto;
» 200g de queijo mozarela (ou havarti);
» 1 tomate sem semente, cortado em cubos (separe 3 rodelas bem finas para colocar por cima);
» Sal a gosto para temperar os tomates;
» Orégano a gosto.

ICON_02

Modo de preparo

Antes de começar unte um refratário de vidro com manteiga e trigo. Aqueça o forno a 180 graus.

Coloque o ovo, o óleo e o leite em um bowl e misture bem com um batedor de arame. Logo em seguida, coloque a farinha, o queijo ralado e o fermento. Misture até ficar homogêneo.

Despeje metade da massa no refratário e coloque o recheio. Uma camada de presunto em cima, depois uma camada do tomate cortados em cubos, em seguida coloque o sal para temperar o tomate já que a receita não leva sal. Cubra os tomates com o queijo mozarela e polvilhe um pouco de orégano. Depois coloque o restante da massa para cobrir e espalhe cuidadosamente.

Finalize com as rodelas de tomate e queijo ralado por cima e leve para assar por cerca de 30-35 minutos ou até que ela esteja corada e furando com um palito ele saia seco.

🍁
Bjo, Li.

Leia também:
Conchiglioni recheado com frango, tomate e queijo assado
Um nhoque de batata doce pra trazer fortuna e sorte sem prejudicar a dieta

 

Não deixe de nos seguir no Instagram

Todas as semanas, dicas e receitas para você se adaptar ao estilo de comida do Canadá sem perder o tempero brasileiro.

 

Saiba como preparar a famosa salada vegetariana Buckwheat Soba Tiger

Esse é um dos meus pratos preferidos no Fresh Restaurant, um dos meus restaurantes vegetarianos favoritos em Toronto, e um dos mais famosos também! Mas sempre faço em casa a minha versão desta deliciosa salada inspirada na cozinha asiática. Além de ser saudável, ela é fácil de fazer e fica uma delícia!

O tofu é um tipo de queijo, feito a partir do leite de soja, que tem muitos benefícios para a saúde. Eu sempre procuro introduzir novos sabores na alimentação dos meus filhos e, para a minha surpresa, o tofu defumado frito foi muito bem aceito pelas crianças. Esse queijo é muito utilizado principalmente em dietas vegetarianas, mas pode ser consumido por todas as pessoas, principalmente por quem deseja reduzir a quantidade de gordura da alimentação.

A castanha de caju, muito comum na região nordeste do Brasil, é rica em diversos nutrientes que contribuem com a queima calórica, além de conter gorduras boas, porém, assim como devemos agir com toda a alimentação, o consumo de castanha de caju deve ser moderado. Aqui em Toronto podemos achar facilmente esta deliciosa oleaginosa nos principais supermercados da cidade.

Por conter zinco em sua composição, esse tipo de castanha é fundamental para prevenir casos de anemia. As gorduras poli-insaturadas dessa oleaginosa reduzem os níveis de LDL (colesterol ruim) e elevam as taxas de HDL (colesterol bom). Ao consumir uma porção de 1 colher de sopa da castanha já é possível obter 23% das necessidades diárias de zinco.

SALADA_VEG2

ICON_01

Ingredientes

» 4 Folhas de alface romana cortadas bem fininhas
» 1 Repolho cortado bem fininho
» 2 colheres (sopa) de cenoura ralada
» 30g de tofu defumado frito
» 10 unidades de tomate cereja
» 100g de macarrão soba (usei o Buckwheat Soba Noodles da T&T)
» 15 unidades de castanha de caju
» 4 rodelas pepino cortado em cubos
» 1 colher (sopa) de milho tostado (usei o Toasted Corn da South Cove)

» Chia à gosto
» Molho de soja para temperar (opcional)
» Orégano à gosto

ICON_02

Modo de preparo

Corte o tofu defumado em cubos e frite por 3 ou 4 minutos em uma frigideira com um fio de óleo de coco sem sabor. Reserve.

Em uma panela com água fervente, cozinhe o macarrão soba até ficar macio, cuidado para não cozinhar muito. Escorra e deixe esfriar em água corrente fria. Transfira o macarrão para uma tigela de água gelada para parar o cozimento. Escorra bem e reserve.

Misture a alface e o repolho criando uma salada verde que será a base do seu prato. Arrume a salada verde no fundo do bowl para fazer um colchão que irá receber os ingredientes. Por cima da salada verde, adicione o soba no meio do bowl, e ao redor vá arrumando os outros ingredientes. Para finalizar coloque a chia, o orégano e o molho de soja para temperar.

Super fácil e rápido de fazer!

Bjo, Li.

Camarão ao molho Gruyère, um prato romântico para comer a dois

Como alguns de vocês já sabem, eu nasci no Recife, uma cidade no nordeste do Brasil com muitas praias e abundância de frutos do mar, onde teoricamente poderíamos comprar camarão a um preço bem barato. Claro que se compararmos com o valor do camarão vendido em São Paulo, o preço lá no Nordeste é bem melhor, porém aqui no Canadá eu já encontrei preços absurdamente baratos quando comparado com outras proteínas como peixe, e o frango, por exemplo. Não quero nem comparar com a carne que por aqui é bem carinha! Mas em relação ao preço do peixe e do frango, o camarão está bem competitivo. E não estou falando daqueles pequeninos não, por sinal, tem um camarão Jumbo aqui que é maravilhoso!

Bem, mas vamos à receita. Esta semana comemoramos dois anos de Canadá e para celebrar este momento especial, e atendendo ao pedido do maridão, preparei um camarão ao molho de queijo gruyère que ele adora!

Camarao_Gruyere2

ICON_01

Ingredientes

» 500g de camarão fresco, sem casca;
» 1/2 xícara de queijo Gruyère;
» 1 cubo de caldo de camarão amassado;
» 1 cebola picadinha;
» 2 colheres (sopa) de farinha de trigo;
» 2 colheres (sopa) de creme de leite;
» 1 xícara de leite;
» 1 colher de manteiga;
» Noz-moscada moída à gosto;
» Sal e pimenta do reino à gosto.

ICON_02

Modo de preparo

Comece fazendo um molho branco base refogando em fogo baixo a manteiga (com um pouquinho de óleo ou azeite para não queimar), a cebola picadinha , quando ela estiver ficando transparente, adicione a farinha de trigo e mexa bem. Vai virar um monte de grumos, não se assuste e mantenha na panela mexendo por cerca de 1 minuto. Vá despejando o leite aos poucos e desfazendo os gruminhos bem devagar até atingir a consistência de creme (tem que ferver para isso). Ao final use um mixer ou liquidificador para bater e obter um creme liso.

Depois do molho branco base pronto, adicione o queijo Gruyère e o creme de leite. Tempere com pimenta, noz-moscada e acerte o sal.

Tempere o camarão com sal e a pimenta. Em uma frigideira antiaderente aqueça a manteiga, doure o camarão por 2 minutos. Acrescente o molho queijo Gruyère no camarão e deixe reduzir por 3 minutos.

Sirva com uma massa caseira ou com arroz e batatas palha, fica uma delícia!

🍁

Bjo, Li.

Conchiglioni recheado com frango, tomate e queijo assado

Entre as receitas de massa recheada, o Conchiglione – também conhecido como conchas de massa jumbo italianas, é de longe a minha opção preferida, seu formato inspirado nas conchas do mar faz com que o recheio fique cremoso e a massa segura muito bem o recheio.

Você pode fazê-lo recheado e gratinado de diversas formas. Tudo pode ser recheado dentro destas enormes conchas de massa recheada (Conchiglioni). Qualquer coisa, desde creme de queijos, ricota, carnes e salsichas. Compartilho aqui uma receita deliciosa dessa massa recheada com molho de tomate e frango que eu adoro.

Conchiglione1

ICON_01

Ingredientes:
» 2 colheres (sopa) de manteiga;
» 1 cebola média em cubos pequenos;
» 4 dentes de alho amassados ou picados;
» 1/4 de xícara de uvas passas brancas;
» 1/4 de xícara de damascos picados;
» 1/4 de xícara de parmesão ralado;
» 400g de creme de ricota;
» Manjericão e alecrim picados à gosto;
» 300g de massa Conchiglioni;
» 1/2 xícara de queijo mozzarella ralado.

Leia também:
Passo-a-passo de um molho de tomate caseiro e fácil de fazer, para usar e abusar nas receitas

ICON_02

Modo de preparo:
Ferva a água em uma panela grande com 1 fio de azeite para a massa não grudar quando for escorrida. Quando levantar fervura, adicione sal e o Conchiglioni. Cozinhe por 4 minutos e escorra. Reserve.

Em uma frigideira ou panela, refogue a cebola na manteiga até ficar macia. Acrescente o alho e refogue por mais 1 minuto. Desligue o fogo. Adicione ao refogado, o parmesão, as uvas passas, damascos, a ricota, o alecrim e o manjericão. Tempere com sal, pimenta e reserve.

Forre o fundo de uma assadeira ou frigideira que possa ir ao forno, com molho de tomate. Recheie as massas e despeje na assadeira. Cubra com queijo mozzarella e leve ao forno até gratinar em forno médio (180°), por aproximadamente 20 minutos.

Dica: Se você achar que o seu molho ficou grosso, adicione um pouco de leite ou creme de leite fresco para que ele fique na consistência que você deseja.

Ah! Esses pedacinhos crocantes na foto são pedaços de queijo que coloquei no forno por enquanto que a massa estava assando. Ficou uma delícia!! 😍

Bjo, Li.

 

Conchiglione2

Passo-a-passo de um molho de tomate caseiro e fácil de fazer, para usar e abusar nas receitas

Molho de tomate é como receita de bolo, cada pessoa tem a sua receita e comigo não poderia ser diferente. Vou compartilhar com você a minha receita favorita, que uso como base para várias receitas que preparo.

A escolha do tomate é um ponto muito importante, eu prefiro o tipo italiano porque acho ele mais firme e acho que ele deixa o molho mais cremoso e vermelho, mas o fundamental é que ele esteja maduro, saudável, bem vermelho e firme – não pode estar perto de estragar.

ICON_01

Ingredientes:
» 1 kg de tomate do tipo italiano ou comum, bem maduros;
» 2 cebolas médias cortadas em pedaços grandes;
» 4 dentes de alho;
» 1 xícara (chá) de salsinha;
» 4 ramos de manjericão;
» 1 colher (chá) de sal;
» 1 colher (chá) de pimenta do reino moída (opcional);
» ½ xícara de água.

ICON_02

Modo de preparo:
Escolha os tomates maduros, bem vermelhos e firmes. Corte os tomates ao meio e retire a semente e a pele.

Corte cada metade do tomate ao meio novamente. No liquidificador, colocar a água e bater os tomates, colocando os pedaços aos poucos. Juntar todos os demais ingredientes e bater. Leve o molho em uma panela ao fogo médio (180°) por cerca de 20 minutos. Após esse tempo, o molho está pronto para ser utilizado em diversos preparos ou congelado em porções.

Bjo, Li

Um nhoque de batata doce pra trazer fortuna e sorte sem prejudicar a dieta

O nhoque de batata doce é uma das versões mais saudáveis de serem consumidas e pode vir acompanhado de diferentes molhos, e sinceramente, é um dos pratos que mais amo!

O nhoque é considerado por alguns historiadores como o prato mais antigo da Itália, tendo sido saboreado até pelos antigos romanos desde o século X a.c. Tradicionalmente era preparado no norte da Itália, mas com a imigração italiana no início do século XIX, acabou se alastrando e ganhando fãs em todo o mundo.

Existe uma lenda em torno desse prato. Conta-se que num dia 29 de dezembro, ainda no século IV, São Pantaleão vagava faminto e vestido como um andarilho por um vilarejo da Itália. Ele bateu na porta de uma casa em busca de comida, e a família permitiu sua entrada, dividindo a refeição com ele. Como a família era grande e tinha pouca comida, cada pessoa comeu apenas sete massas de nhoque. São Pantaleão comeu, agradeceu a acolhida e foi embora. Quando a família foi recolher os pratos, descobriu que embaixo de cada de cada um deles havia dinheiro.

Então, tradicionalmente, todo dia 29 passou a ser o dia do nhoque da fortuna. As pessoas comem nhoque e colocam notas de dinheiro embaixo do prato, comendo sete pedacinhos do nhoque em pé. De acordo com essa crença popular, este ritual traz fortuna e sorte à pessoa.

Preparo da Massa

Ingredientes:
» 2 batatas doce grandes limpas e escovadas;
» 1 ovo;
» 1 ½ xícara de farinha de trigo integral (ou farinha de aveia);
» ¼ xícara de queijo parmesão ralado;
» ½ maço de espinafre;
» Sal rosa do Himalaia ao gosto;
» Pimenta do reino ao gosto.

Modo de preparo:
Cozinhe no vapor a batata doce com a casca até ficarem macias. Quando estiverem cozidas, retire-as da água, descasque-as com a ajuda da ponta de uma faca e amasse-as formando um purê. Em uma panela, cozinhe o espinafre e depois bata as folhas no liquidificador com o ovo até obter uma massa mole. Junte essa massa ao purê de batata doce, adicione queijo ralado e uma pitada de sal. Vá adicionando a farinha de trigo integral aos poucos até obter uma massa homogênea que desgrude das mãos.

Faça um rolo com a massa e corte em pequenas partes para formar os nhoques. Se desejar pode decorar os nhoques amassando-os de leve com a ponta de um garfo. Coloque-os para cozinhar em água fervendo, quando subirem estão prontos. Retire-os da água e sirva com o molho de sua preferência.

FOTO POST SALADA NHOQUE 2

Molho Bolonhesa

Ingredientes:
» ½ kg de carne moída de Patinho Bovino;
» 2 colheres (sopa) de azeite;
» 1 dente de alho picados;
» ½ cebola picada;
» 1 tablete de caldo de carne;
» 2 tomates picados sem semente;
» 1 xícara de molho de tomate;
» Sal a gosto;
» Manjericão.

Modo de preparo:
Em uma panela refogue alho e cebola no azeite. Junte o caldo de carne e depois a carne moída e mexa até dourar. Junte a cenoura ralada, o molho de tomate e deixe cozinhando em fogo baixo por 10 minutos. Ajuste o sal e finalize com o manjericão. Disponha o nhoque em uma travessa e acrescente o molho por cima. Experimente adicionar pedaços de calabresa. Fica uma delícia!

Molho Branco

Ingredientes:
» ½ litro leite desnatado;
» 2 colheres (sopa) farinha de trigo integral;
» ¼ xícara de queijo parmesão ralado;
» ½ cebola picada;
» 1 colher (chá) de azeite de oliva;
» 1 pitada de sal;
» Pimenta do reino ao gosto;
» Noz moscada ao gosto.

Modo de preparo:
Misture metade do leite na farinha de trigo até dissolver e formar um creme. Em uma panela refogue a cebola no azeite de oliva até ficar translúcida, então acrescente o leite e deixe levantar fervura. Reduza o fogo, acrescente o creme feito com farinha e mexa sem parar até engrossar. Tempere com sal, pimenta do reino, noz moscada e o queijo ralado. Disponha o nhoque em uma travessa e acrescente o molho por cima.

[ ]’s, h.