Eataly, mais do que um mercado, uma imersão na gastronomia italiana bem no centro de Toronto

Uma coisa eu posso dizer, dificilmente você vai aproveitar tudo o que este luxuoso marketplace italiano tem para oferecer com apenas uma visita. A unidade de Toronto é a primeira no Canadá e a 40ª da marca no mundo.

São mais de 5.000 metros quadrados de produtos e comidas italianas, combinando quatro restaurantes de serviços completos, uma série de estações gourmet, balcões de padaria, feira livre de frutas e verduras, bares e até uma cervejaria operando no basement – para não mencionar milhares de produtos prontos para uso e uma escola de culinária. Em cada estação, os chefs estão ocupados enrolando a massa, moldando massas, preparando sorvetes, cafés e colocando pizzas em enormes fornos dourados. Com tanto para ver, provar e fazer, você vai ficar perdida sem saber por onde você começa! Mas não se preocupe, nós estamos aqui para te ajudar.

BLOG_EATALY_03

Escolha a sua pizza e reserve uma tarde em um dos restaurantes

Em Roma, eles fazem pizza em grandes placas retangulares. Em Nápoles, fazem pizzas redondas de massas finas e crocantes com bordas levemente queimadas. Em Turim, eles fazem pizzas fofas. Na Eataly, eles fazem os três.

Entre os restaurantes de serviço completo, o destaque vai sem dúvidas para o La Pizza & La Pasta, um restaurante descontraído especializado em pratos italianos para atender a todos os públicos, mas por outro lado o com a maior fila de espera. Assim como acontece em qualquer um dos restaurantes, principalmente nos finais de semana, a fila de espera é grande. Por isso, é bom reservar antes, ou assim que chegar no local. Eles incluem seu telefone na lista de espera e você recebe uma mensagem SMS quando a sua mesa estiver livre. Enquanto isso você pode passear pela loja sem pressa.

BLOG_EATALY_04

Do outro lado da loja, recomendo o La Piazza – um local ensolarado modelado após uma praça da cidade italiana tradicional – é o lugar perfeito para conversar com amigos sobre uma tábua de salami e queijo ou um copo de vinho. As pizzas napolitanas tradicionais são assadas em fornos a lenha. A nossa favorita é a pizza Soppressata ($15) levemente picante e que a massa lembra um pouco a da Pizza Hut, só que mais evoluída.

BLOG_EATALY_05

Reserve um espaço para a sobremesa

Nenhum dos restaurantes da Eataly oferece sobremesas, mas para quem gosta de doces, no La Pasticceria você encontra uma variedade de bolos, tortas e doces italianos, incluindo um tiramisu baseado em uma receita da nonna do chef da pastelaria. Há também uma sorveteria que serve misturas cremosas sazonais feitas com laticínios de uma fazenda de Ontário e uma estação de cannoli, onde você pode pedir um doce recheado na hora com a sua opção de recheio favorita.

“Somos uma empresa italiana e importamos o máximo que pudermos da Itália, mas queremos ser o mais local possível quando se trata de produtos frescos” – Dino Borri, vice-presidente global de parceria

BLOG_EATALY_07

Um mercado repleto de ingredientes importados e locais, além de mais de 400 tipos de queijo

Sim, nem eu sabia que existiam mais de 400 tipos diferentes de queijos, mas eles estão lá, disponíveis na Eataly Toronto, incluindo os importados da Itália e os queijos frescos de fornecedores locais. Quando se trata de produtos importados, nada é mais reverenciado na Eataly do que o azeite. Na área do mercado existe um rack do chão ao teto com diferentes tipos de azeites extra virgens (EVOO), além de uma estação de degustação que em alguns dias da semana um expert fica disponível para explicações. Mas, na minha opinião, é a parede das rodas Parmigiano Reggiano Dop que rouba a cena – cada um dos “pneus” de queijo é feito com 500 litros de leite e são vendidos pela bagatela de $2.000.

BLOG_EATALY_09

BLOG_EATALY_06

Falando em queijo, uma das estações que mais chamou a minha atenção, e a das crianças, foi o laboratório de queijo. É lá que a mozzarela mais fresca que se pode imaginar é esticada, puxada e massageada manualmente todos os dias. Ficamos tão admirados com a moça fazendo aquele manejo que acabamos ganhando um pedaço para experimentar. Uma delícia!

Uma escola prática de culinária aberta ao público

É na La Scuola di Eataly, a escola de culinária, que os hóspedes têm a oportunidade de vestir um avental e aprender a cozinhar pratos italianos autênticos com ingredientes do próprio mercado, através de demonstrações e aulas práticas. Uma aula de fabricação de massas de duas horas de duração – que pode ser reservada on-line – custa de $90 a $110. La Scuola também oferece eventos de degustação e passeios a pé pelo mercado e restaurantes que incluem explicações exclusivas sobre os alimentos.

Eu super recomendo viver esta experiência carregada de carboidratos pois para quem, assim como eu, é fã da gastronomia italiana o Eataly Toronto é o local ideal para um passeio gastronômico.

Seleção de livros

Se você se interessa pela gastronomia italiana, dá uma olhada na minha curadoria de livros lá na Amazon. Fiz uma seleção de alguns títulos publicados pela Eataly que são incríveis! Também são uma ótima opção de presente, #FicaADica!

🍁
Bjo, Li.

Leia também:
Graffiti Market, o primeiro restaurante IoT da América do Norte
Um glamuroso restaurante francês no badalado Distillery District
Uma excelente opção de açaí com sabor de Brasil bem no centro de Toronto

Não deixe de nos seguir no Instagram

Todas as semanas, dicas e receitas para você se adaptar ao estilo de comida do Canadá sem perder o tempero brasileiro.

[instagram-feed]

Gostosa e saudável: Faça em casa a sua pizza com massa de couve-flor

Confesso que até preparar essa receita eu nunca tinha tido vontade de experimentar a couve-flor, sempre achei ela com uma aparência muito estranha para comer, mesmo sabendo de todos os seus benefícios para a saúde.

Sempre gostei de preparar a minha própria pizza, cheguei a criar uma receita de massa própria para fazer junto com os amigos, mas não era nada saudável. Pesquisando bastante junto com Lívia, acabamos achando várias receitas de massa usando a couve-flor, mas sempre tive esse pré-conceito com este vegetal. Até que resolvemos testar e depois de algumas adaptações achamos uma que o gosto neutro da massa não interfere no resultado final e conseguimos uma pizza com massa saudável e gostosa!

Se você me perguntar, é igual a massa tradicional? Vou te dizer que não! Mas se você quer levar uma vida mais saudável, vale muito à pena trocar.

Benefícios da Couve-flor

A couve-flor é da mesma família de vegetais como brócolis e da couve de bruxelas, e compartilha muitas das mesmas características saudáveis, inclusive ser um alimento alcalino. Ela tem uma boa quantidade de fibras e é uma grande fonte de vitamina C. Os benefícios que a couve-flor oferece vão desde a perda de peso até a sensação de saciedade devido às suas fibras, melhora também o sistema digestivo, melhora a memória, entre outros.

Ao escolher couve-flor fresca, procure uma que esteja firme, sem manchas amareladas ou amarronzadas, e que tenha folhas verdes anexadas ao caule. Guarde o vegetal inteiro com o caule para baixo na geladeira em um saco plástico que permita a ventilação para não acumular água. Desse modo, ela deve durar por cerca de cinco dias.

ICON_01

Ingredientes

» 2 xícaras de couve-flor (só as florzinhas);
» 1 dente de alho;
» 1 ovo;
» 1 xícara de queijo mussarela ralado;
» 1 colher (chá) de orégano seco;
» 4 colheres (sopa) de farelo de aveia;
» 3 colheres (sopa) de chia;
» Sal à gosto;
» Pimenta do reino à gosto.

ICON_02

Modo de preparo

Para preparar essa receita você pode utilizar apenas as florzinhas da couve-flor.

PIZZA_COUVEFLOR2

Cozinhe por 10 minutos no vapor, depois triture  em um processador, ou no mix junto com o alho. Depois, transfira esta massa para um pano de prato, para drenar o excesso de água. Transfira a massa para um bowl, acrescente o ovo, o queijo ralado, o farelo de aveia, o orégano, sal e pimenta. Misturar bem.

PIZZA_COUVEFLOR3

Untar a assadeira com um pouco de óleo de coco (ou azeite de oliva), ou usar um papel manteiga para forrar a forma. Modele a massa em forma de um disco de pizza. Depois, leve ao forno preaquecido 220°C por aproximadamente 20 min ou até que as bordas comecem a dourar.

Retire a massa do forno (mantenha o forno ligado) e com a ajuda de uma espátula, vá desgrudando a massa do fundo aos poucos para não quebrar. Espalhe uma camada de molho, adicione o queijo e a cobertura de sua preferência. Volte ao forno para terminar de assar, apenas o tempo de derreter o queijo e a massa ficar dourada por baixo.

Molho de tomate caseiro

Já postamos aqui no blog a receita de molho de tomate caseiro, dá uma olhada no link aqui em baixo.

Passo-a-passo de um molho de tomate caseiro e fácil de fazer, para usar e abusar nas receitas

Porém, para esta pizza não deu tempo preparar o molho preferido da Lívia, por isso usamos o molho Marinada da marca Irresistibles. Se você mora em Toronto, achará ele fácil no Metro.

Sugestão de recheio:
» 1 xícara de molho de tomate caseiro;
» Folhas de manjericão fresco à gosto;
» 1 tomate, cortado em rodelas;
» ¼ xícara de queijo parmesão ralado;
» 1 colher (chá) de manjericão seco;
» 2 xícaras de queijo mussarela.

Rende uma pizza média. Sirva de preferência ainda quente.

PIZZA_COUVEFLOR4

[ ]’s, h.